Terça-feira, 21 de Junho de 2005

AS ALERGIAS, por Maria João Cunha

alergias.jpg

Alergia é uma situação anormal perante uma substância que é inofensiva para a maior parte das pessoas. O nosso sistema imunológico, com os mecanismos de defesa, considera os como agressores e desencadeia uma reacção hipersensível, alérgica. Exemplos de substâncias alérgenas que entrar pelas vias respiratórias: Pó, penas, pelos de animais, ácaros (espécie de aranhas microscópicas que vivem nos colchões, tapetes, relva, etc.). Todos eles podem também provocar crises de asma.
Alergia aos fenos
É provocada pelo pólen. Este pó é libertado pelas plantas, sobretudo na primavera e anda no ar que se respira. Manifesta-se com espirros nariz a pingar e olhos a lacrimejar.
O que fazer?
• Na altura da crise toma-se um medicamento anti-histamínico.
• Fazem-se testes sob a pele para detectar os produtos a que se é alérgico
• Evita-se o contacto com essa substância, mesmo que isso signifique teres de te separar de um animal de estimação
• Faz-se a dessensibilização que consiste em injectar, sob a pele, em quantidades progressivas, pequenas doses do alérgeno ate se conseguir suprimir a reacção a ele.
publicado por António Luís Catarino às 15:13
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 21 de Junho de 2005 às 16:26
Cara Maria João: inauguras o blogue em tempo de «quase férias». Só não digo férias totais pois ainda faltam a saída das pautas! Parabéns pelos teus dois artigos e se demorei um pouco mais foi porque tenho estado muito ocupado em reuniões. Mandem sempre os vossos trabalhos e até já!Prof. Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)

Comentar post