Segunda-feira, 2 de Maio de 2005

SALVADOR DALÍ, de Rebeca Marini

dalibio.gif

Este artigo vai ser dedicado às artes. Todas as pessoas já ouviram falar sobre as artes. A arte não precisa de estar num quadro ou numa fotografia ou até numa escultura é só preciso senti-la. Neste artigo vai poder conhecer um dos mais famosos pintores surrealistas do mundo inteiro: Salvador Dali.

Salvador Dali, como já tinha referido antes, é um dos mais famosos pintores do século XX. Nasceu, em 1904, na cidade catalã de Figueres e aí morreu, em 1989. A partir de 1927 aproximou-se cada vez mais do Surrealismo, tendo desenvolvido um método a que chamou "crítico-paranóico", que envolvia várias formas subjectivas de associações de ideias e imagens.

Fatos biográficos
1904 - No dia 11 de Maio nasce Salvador Dalí, na pequena cidade catalã de Figueres.
1921 - Vai a Madri, onde passa a frequentar a Escola de Belas-Artes.
Faz amizade com o poeta Frederico Garcia Lorca e com o cineasta Luís Buñuel, com quem filmou Um cão andaluz, em 1929.
1925 - Apresenta, em Barcelona, sua primeira exposição, que é elogiada por Pablo Picasso.
1927 - Começa a interessar-se pelo Surrealismo.
1929 - Passa a fazer parte "oficialmente" do grupo dos surrealistas com a ajuda de Gala Éluard, que abandonaria o marido, o poeta Paul Éluard, para viver com o pintor, de quem seria a musa absoluta até o fim da vida.
1936 - Comparece à Exposição Surrealista Internacional de Londres vestindo um escafandro. Sua criatividade e seu génio excêntrico espantam os próprios surrealistas.
1938 - Fascinado pelas ideias de Freud, visita-o em Londres.
1940 - Com a ocupação nazista da França, Dalí vai para Nova York, nos Estados Unidos, rompendo com os surrealistas. Participa de eventos artísticos e é convidado para fazer palestras. Participa também de roteiros cinematográficos, tendo criado a "sequência do sonho" no filme Quando fala o coração, de Hitchcock. Na América, Dalí tornou-se uma figura conhecida, e suas extravagâncias renderam-lhe várias críticas e muito dinheiro.
1964 - É agraciado com a Grande Cruz de Isabel, a Católica, a mais alta condecoração da Espanha.
1978 - É eleito para a Academia de Belas-Artes, na França.
1982 - Morre Gala Éluard. Dalí sente-se arrasado.
1989 - Morre em Figueres, no dia 20 de Janeiro. É enterrado no Museu Dalí.

publicado por António Luís Catarino às 12:48
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 2 de Maio de 2005 às 12:53
Olá Rebeca. Muito bem. Foste escolher um dos surrealistas, movimento pelo qual tenho uma grande simpatia desde muito novo. Dalí, não era dos que mais estudei, mas por isso mesmo o teu trabalho reveste-se de interesse. Conheces a imagem que mexe...foi do site que consultei e em que te baseaste para fazer o teu artigo. Parabéns, pois. Continua que te espero por aqui.Prof. Luís Catarino
</a>
(mailto:skamiaken@sapo.pt)

Comentar post